Buscar
  • dragisele

Se sua vida está desequilibrada, como sua alimentação vai estar ok?


Atualmente, vivemos boa parte do tempo sob tensões emocionais. Quando paramos para pensar em nós mesmos, temos a tendência a nos classificarmos e nos compararmos de acordo com a profissão, estado civil, relações familiares, condições financeiras.. Mas, para viver com harmonia e bem-estar, é importante priorizar o autocuidado.

Muitas vezes o organismo entende essas tensões como uma ameaça ao nosso bem-estar e imediatamente tem reações de defesa, produzindo uma série de substâncias que causam um aumento geral da ativação do organismo. Os efeitos envolvem aumento da pressão arterial, dos níveis de gordura no sangue, piora de lesões no estômago, queda na imunidade e até aumento de peso. Se essas preocupações ocorrerem frequentemente, as consequências para a saúde serão inevitáveis.


Você deve estar se perguntando: mas o que isso tem a ver com alimentação? Vamos por parte. Em muitos casos, o desequilíbrio de nutrientes está diretamente ligado a essas situações.

A ansiedade e a depressão, por exemplo, têm relação com os níveis de serotonina no organismo. Essa substância é um neurotransmissor que atua no cérebro de forma a proporcionar a sensação de prazer e bem-estar. Cerca de 90% da serotonina do nosso corpo é produzida no intestino, órgão responsável pelas tarefas de digerir os alimentos e absorver os nutrientes. E para que a serotonina seja produzida, são necessários principalmente triptofano, vitaminas do complexo B e magnésio.


O estresse também gera uma grande produção de hormônios de “luta ou fuga”, como o cortisol e a adrenalina. Nesse caso, uma alimentação saudável é fundamental tanto para repor os nutrientes usados durante o período de tensão no organismo, quanto para amenizar a reação ao estresse. Existem alimentos que pioram o estresse, como o álcool, a cafeína, doces e sal em excesso e alimentos que aliviam o incômodo, como arroz integral, sementes, oleaginosas, chás e ervas que atuam no sistema nervoso e trazem sensação de bem-estar.


Quando conseguimos alinhar uma alimentação mais equilibrada à prática regular de atividade física, não só conseguimos ter mais disposição para enfrentar os desafios do dia a dia, como evitamos o estresse. Por fim, ajudamos a melhorar inclusive o nosso metabolismo e prevenimos doenças como a obesidade, em alguns casos diabetes e também doenças cardiovasculares. Incorporar hábitos saudáveis auxilia na busca por um equilíbrio emocional e pode trazer um efeito positivo sistêmico em todo o organismo.


16 visualizações0 comentário