Buscar
  • dragisele

Estudo relaciona microbiota intestinal e emagrecimento


Microbiota intestinal é o nome dado ao conjunto de bactérias, fungos e vírus que habitam o trato gastrointestinal e desempenham uma série de papéis essenciais para o funcionamento equilibrado do nosso organismo.


Por exemplo, esses micro-organismos são responsáveis por proteger a mucosa gastrointestinal de agentes infecciosos, produzir vitaminas, auxiliar na digestão de alguns alimentos e influenciar o controle do peso corporal.


Um estudo concluído recentemente na Universidade de Washington (EUA) revelou que certos grupos específicos de bactérias da microbiota intestinal estão relacionados à facilidade ou à dificuldade para emagrecer.


Os pesquisadores norte-americanos também conseguiram esclarecer que certos hábitos alimentares podem influenciar diretamente a atuação de cada um dos dois grupos de bactérias.


Achados reforçam a importância do estilo de vida para a saúde


De acordo com a pesquisa, as bactérias do filo Firmicutis estão mais presentes na microbiota dos indivíduos acima do peso. Já no caso dos indivíduos mais magros, as bactérias identificadas em maior presença pelos estudiosos são do filo Bacteroidetes.


Quanto à dieta, os cientistas concluíram que uma dieta rica em fibras e com baixo teor de gordura saturada favoreceu a multiplicação das bactérias do filo Bacteroidetes, relacionadas à perda de peso. De forma contrária, pouca fibra e muita gordura fez diminuir a população das mesmas bactérias.


Embora o estudo tenha sido conduzido com ratos de laboratório, foi a primeira vez que um trabalho chegou mais perto de identificar quais micro-organismos da microbiota estão relacionados à perda e ao ganho de peso.


Além disso, trata-se de um estudo importante porque reforça o quanto a manutenção de bons hábitos alimentares é fundamental para manter o corpo em forma. Vamos aguardar os próximos passos da ciência!

15 visualizações0 comentário