Buscar
  • dragisele

Está pensando em engravidar? Saiba quais nutrientes você tem que ingerir!


Você sabia que um dos fatores que contribui para aumentar a fertilidade da mulher, é escolher bem o que colocar no prato?


E a maioria das gestantes têm dúvidas quanto aos nutrientes que ingerir antes e durante a gravidez. Adotar uma alimentação mais saudável ao longo de toda a gestação traz benefícios para o desenvolvimento, de forma a impactar sua saúde ao longo de toda a vida, até a velhice. A saúde da mulher gestante também agradece!


Mas afinal, quais são os principais nutrientes que devem ser consumidos pelas mulheres antes e pós- concepção?


Uma dieta balanceada nos períodos de pré-concepção inclui alimentos ricos em vitaminas, minerais, frutas, legumes, feijões, grãos integrais e sementes, que são fontes de carotenoides e polifenóis, substâncias benéficas à saúde.


Depois, recomenda-se dar uma atenção especial ao ferro e à vitamina B9 (popularmente conhecida como ácido fólico). O ferro auxilia o desenvolvimento físico, mental e a capacidade cognitiva do feto, enquanto a B9 atua na formação do tubo neural, da placenta e no desenvolvimento do DNA. O risco de se ter pré-eclâmpsia durante a gravidez também é reduzido com a presença dessa vitamina. A vitamina D, associada ao cálcio, auxilia no desenvolvimento dos ossos, dentes e é essencial para uma pele saudável e boa visão, tanto da mulher, quanto do bebê.


É importante ressaltar que, quando são identificados déficits nutricionais específicos no organismo e que não estão sendo supridos pela alimentação, o uso da suplementação nos períodos pré-gestacional, na gestação e lactação, será fundamental.


Outros fatores relevantes para considerar quando se planeja uma gravidez saudável, é a viabilidade da adoção de dietas predominantemente plant-based (baseada em vegetais), o incentivo a prática de exercícios físicos regularmente, a quantidade adequada de horas de sono, a moderação do uso de álcool, entre outras medidas que ajudam tratar e até reverter algumas doenças crônicas e autoimunes.


Adaptar-se a uma nutrição adequada, com ingestão repleta de nutrientes, é necessário em todas as fases da vida, principalmente ao planejar uma gravidez. Estudos científicos mais recentes mostram que uma boa alimentação durante essas fases, está associada não apenas à uma gestação saudável, mas ao bem-estar da mulher. Esses benefícios se estendem também à saúde dos filhos, já que por meio da nutrição gestacional é possível prevenir uma série de Doenças Crônicas Não Transmissíveis (DCNTs), como diabetes mellitus, obesidade, hipertensão e doenças cardiovasculares, além de estimular o desenvolvimento neurocognitivo da criança.


26 visualizações0 comentário