Buscar
  • dragisele

Enfiou o pé na jaca nas festas de fim de ano? Veja o que fazer para retomar o foco!


Tudo bem se você comeu um pouco mais do que gostaria durante as festas de fim de ano. Acontece que muitas pessoas aproveitam a virada de ano e inclusive o mês de janeiro para aproveitar as férias e continuar a comilança.


Após as confraternizações, o sentimento de culpa e a ansiedade levam muitas pessoas a recorrerem a dietas milagrosas em busca de um emagrecimento rápido e pouco saudável. Para compensar dias atípicos, não existe fórmula secreta. E medidas radicais podem ser prejudiciais à saúde.


Cuidado com a ideia de que “é só um dia”


É preciso ter moderação. Afinal, um dos segredos para manter o peso ideal é adotar uma alimentação consciente. Segundo um estudo realizado pela Universidade de Cambridge, no Reino Unido, os períodos curtos de ingestão eventual são suficientes para provocar um aumento de peso. Evidências comprovam que esses quilos extras que se acumulam durante o Natal e Réveillon, e nas férias de verão, são mantidos pelo resto do ano.

E isso vale também para outras ocasiões: muitas pessoas mantêm uma alimentação balanceada durante a semana e se permitem comer de tudo em alguma refeição ou dia do fim de semana. Essa estratégia pode ser eficiente na questão motivacional, uma vez que assim o indivíduo tem uma motivação para se manter firme durante os outros dias da semana. O problema é que muitos exageram nesse “dia do lixo” ou “refeição lixo”, como são popularmente conhecidos e, por achar que estão liberados para comer de tudo, acabam consumindo calorias em excesso, colocando a perder tudo o que foi feito durante a semana. Além disso, a tática pode gerar até compulsão alimentar.

Após cometer exageros alimentares, voltar a comer de maneira mais saudável é a melhor opção. Não sabe por onde começar? Veja algumas dicas:

Organizar o cardápio


Listar os alimentos que tem que ser comprados e organizar o que vai consumir nas refeições do dia evita que cometa exageros alimentares. Além de que, ajustar a alimentação ajuda a regularizar o metabolismo.

Manter-se hidratado


Quanto mais você beber água, chás ou sucos naturais, mais vai eliminar as toxinas e ajudar seu corpo a funcionar melhor. Lembre-se que é através da urina e do suor que os elementos tóxicos são eliminados.

Consumir mais fibras


As fibras são fundamentais para garantir o bom funcionamento do intestino, além de controlar a glicemia e prevenir a constipação intestinal, evitando a retenção de líquidos.

Praticar atividade física

É importante ressaltar que as mudanças no estilo de vida devem ser mantidas de forma prolongada, e devem ser acompanhadas por uma dieta equilibrada, em conjunto com a prática regular de exercícios físicos para aumentar o gasto de energia e evitar a recuperação do peso.

O segredo é se cuidar, sempre! Alguns hábitos são mais difíceis de adquirir, mas também há muitas pequenas coisas que se pode fazer para começar a se alimentar melhor sem fazer sacrifícios ou dietas extremamente restritivas. Se estiver se sentindo mal e considerar que o peso teve uma alteração muito além do esperado, não hesite em procurar um médico especialista para fazer uma avaliação completa e seguir uma dieta adequada.




26 visualizações0 comentário