Buscar
  • dragisele

Descubra quais são as doenças metabólicas e como preveni-las


Você já ouviu falar sobre as doenças metabólicas e os riscos para sua saúde? Elas são caracterizadas pelo funcionamento incorreto do metabolismo, como resistência à ação da insulina ou dificuldade de utilização da glicose.

Nesse contexto, destaco a Síndrome Metabólica, que é um conjunto de fatores de risco que elevam as chances do paciente desenvolver doenças como diabetes, derrames e problemas cardíacos. Essa síndrome tem como base a resistência à ação da insulina, que é responsável por controlar o nível de glicose no sangue. Com isso, ela [insulina] age menos nos tecidos e obriga o pâncreas a produzir mais insulina, elevando o seu nível no sangue.

Fatores de risco para doenças metabólicas

O cuidado com a saúde e os exames de rotina são fundamentais para o controle e diagnóstico de diversos problemas. Quando o assunto é a Síndrome Metabólica, existem fatores de risco que caracterizam esse quadro clínico e é preciso ficar alerta. São eles:

  • Fatores genéticos;

  • Pressão alta;

  • Obesidade ou sobrepeso, especialmente com gordura acumulada na região abdominal;

  • Taxa alta de glicemia, que é açúcar no sangue;

  • Taxa alta de triglicérides, gorduras que servem como uma reserva de energia;

  • Baixos níveis de HDL (chamado de colesterol bom).

Quando o paciente possui três ou mais desses fatores citados acima, é sinal de alerta. Isso porque há indicativo de que o organismo não está funcionando direito e que está sendo necessária uma maior quantidade de insulina do que o normal para "corrigir" o erro.

Nem sempre a Síndrome Metabólica mostra sintomas e, por isso, é ainda mais importante que o paciente faça exames e consultas de rotina. Mesmo se sentindo bem, ele está mais suscetível a desenvolver doenças graves.

Obesidade e doenças metabólicas

Vale relembrar que a obesidade é um dos principais fatores de risco para diversas doenças, inclusive as metabólicas. Muito mais do que uma questão de estética, ela precisa ser vista com uma questão de saúde e qualidade de vida.

Os dados dessa doença são alarmantes em todo o mundo e a conscientização é muito importante. Segundo o mapa da obesidade, divulgado no site da Associação Brasileira para o Estudo da Obesidade e da Síndrome Metabólica, a estimativa é que, em 2025, 2,3 bilhões de adultos estejam acima do peso no mundo. Os casos de obesidade devem chegar a 700 milhões.

Entender que a obesidade é uma doença grave e que não pode ser normalizada é o primeiro passo para que o paciente busque ajuda médica. É importante destacar que dietas restritivas e atividades sem acompanhamento colocam em risco a saúde do indivíduo. Então, nada de tentar emagrecer sozinho, ok?

Tratamento das doenças metabólicas

Após o diagnóstico médico, inicia-se o tratamento e a mudança de hábitos, com alimentação equilibrada e prática de atividades físicas. Pode ser necessário o uso de medicamentos para controlar os fatores de risco da Síndrome Metabólica, como para pressão e colesterol altos.

As doenças metabólicas podem ser evitadas, quando existe um cuidado com a saúde. Separei algumas dicas importantes para te ajudar nessa prevenção.

  • Tenha uma alimentação saudável;

  • Pratique exercícios físicos;

  • Realize exames de rotina;

  • Não fume;

  • Evite consumir bebidas alcoólicas com frequência e em exagero;

  • Faça acompanhamento médico.

Quer saber mais sobre doenças metabólicas e outros problemas acarretados por elas? Entre em contato comigo pelos telefones (31) 3646-0416 ou (31) 99780-1872.

44 visualizações0 comentário