Buscar
  • dragisele

Conheça as vitaminas que combatem a inflamação!

Você sabia que a chave para prevenir doenças inflamatórias pode estar no seu prato? É isso mesmo, afinal, além de nutrir, alguns alimentos possuem vitaminas que inibem a produção de substâncias mediadoras do processo inflamatório e que trazem inúmeros benefícios à saúde. Essas vitaminas podem ser adquiridas pela ingestão de alimentos que contenham esses nutrientes ou em forma de suplementação.

Confira as seis vitaminas que ajudam no processo anti-inflamatório e os alimentos que são fontes ricas delas:

Vitamina A


Conhecida por suas propriedades anti-inflamatórias e antioxidantes, a vitamina A ajuda a prevenir principalmente problemas de pele.


Alguns alimentos ricos em vitamina A, são: fígado, gema de ovo, cenoura, manga, mamão, couve e uma variedade de vegetais folhosos.

Vitaminas B

É comum que pessoas com baixo teor de vitamina B6 no organismo apresentem níveis elevados de proteína C reativa, um composto responsável pela inflamação em doenças como artrite reumatóide, por exemplo.

Para evitar a inflamação e aumentar de vitamina B6, consuma alimentos ricos em vitaminas do complexo B, como atum, aves, couve, pimentão, cogumelos e melão.

As fontes alimentares de folato, outra vitamina do complexo B, incluem feijão-fradinho, aspargos, fígado e folhas verdes escuras.

Vitamina C

A vitamina C é conhecida por ajudar a manter o sistema imunológico saudável e funcionando bem. Além de combater a ação dos radicais livres, essa substância é capaz de estimular a produção de colágeno.


Para obter mais vitamina C por meio da alimentação, dê preferência ao consumo de uma variedade de frutas e vegetais, como brócolis, couve, caju, goiaba, acerola, laranja, manga e mamão.

Vitamina D

De acordo com um relatório da revista Food & Nutrition Research, até 41,6% dos americanos são deficientes em vitamina D. Estudos estabeleceram haver uma conexão entre o baixo teor de vitamina D e uma variedade de doenças inflamatórias. Além disso, os pesquisadores sabem que melhorar a vitamina D pode ajudar a reduzir a inflamação no corpo.

A vitamina D é produzida naturalmente pelo corpo após a exposição ao sol, mas é importante lembrar que nem todos podem obter toda a vitamina D dessa forma. Se houver suspeita de que os níveis de vitamina D estão baixos, consulte um médico para analisar a situação e verificar se é necessário realizar a suplementação.

As melhores fontes alimentares de vitamina D são: gemas de ovo, peixes, carnes orgânicas e alimentos suplementados com a vitamina, como o leite.

Vitamina E

A vitamina E é outra vitamina antioxidante que pode reduzir a inflamação. De acordo com os resultados de uma meta-análise relatada no European Journal of Clinical Nutrition, a suplementação de vitamina E pode ser útil para pessoas que vivem com doenças inflamatórias.

A vitamina E pode ser encontrada nos seguintes alimentos: nozes e sementes, incluindo amêndoas e sementes de girassol, em frutas e vegetais, como abacate e espinafre.

Vitamina K

A vitamina K pode reduzir os marcadores inflamatórios, proteger a saúde óssea e ajudar na coagulação sanguínea. Embora a vitamina K seja necessária para a saúde óssea, a maioria das pessoas não a obtém em quantidade suficiente em suas dietas.

Existem dois tipos de vitamina K: Vitamina K1 e K2. A vitamina K1 é encontrada em vegetais com folhas, como espinafre, brócolis, couve e repolho, enquanto K2 é encontrada em fígado, frango e ovos.


As vitaminas que combatem a inflamação podem ser adquiridas de uma variedade de fontes alimentares, incluindo vegetais, frutas, carnes magras e peixes, e alimentos enriquecidos com vitaminas. Uma alimentação equilibrada e rica em alimentos anti-inflamatórios é uma opção saudável de combater a inflamação do organismo de forma natural. Além disso, pode ajudar na prevenção de vários tipos de doenças, como artrite, diabetes, obesidade e até mesmo câncer.


22 visualizações0 comentário