Buscar
  • dragisele

Como a atividade física em jejum ajuda a emagrecer?


É melhor se exercitar antes ou depois de tomar o café da manhã? Essa é uma questão muito discutida atualmente.


Os pesquisadores defensores do café da manhã pré-treino entendem que comer antes de praticar atividade física aumenta os níveis de açúcar no sangue, aumentando a reserva de energia para o corpo se movimentar.


Na contramão dessa concepção, outros estudiosos do assunto defendem que se movimentar antes de fazer a refeição queima mais facilmente a reserva de gordura e pode proporcionar perda de peso mais rápida.


Segundo uma pesquisa britânica realizada pelas Universidades de Bath e de Birmingham, realizar o jejum pré-atividade física pode ser uma boa opção para o processo de emagrecimento. O estudo analisou 30 homens sedentários acima do peso e constatou que os participantes que se exercitavam antes do café da manhã conseguiram perder duas vezes mais peso que aqueles que treinaram após comer.


Os pesquisadores identificaram que o resultado se deu porque ao se exercitar sem nenhum combustível no corpo, o organismo é forçado a queimar as reservas já estocadas. O efeito se manteve o mesmo durante os 6 meses em que os grupos foram avaliados.


O total de participantes da pesquisa foi dividido em três grupos: o primeiro continuou com as atividades cotidianas, o segundo ingeriu um shake de baunilha duas horas antes de se exercitar, enquanto o terceiro consumiu uma bebida saborizada não calórica.


Os dois últimos grupos foram submetidos a exercícios em bicicletas ergométricas (em ritmo moderado), além de testes para avaliar os níveis de gordura, os batimentos cardíacos e a queima de açúcar. A partir desse experimento, foi possível perceber o impacto positivo que o exercício após-jejum matinal pode oferecer na perda de gordura corporal e no controle de açúcar na corrente sanguínea.


Embora a perda de peso tenha sido mais acelerada nos homens que se alimentaram apenas depois de se exercitar, os cientistas britânicos salientam que cada organismo tem suas particularidades.

Vale lembrar que, se uma pessoa costuma passar mal ao se exercitar sem ter se alimentado, precisa urgentemente repensar o método. Afinal, independentemente do resultado da pesquisa, essa é uma daquelas condutas que deve ser avaliada caso a caso, muito baseada no bem-estar e na segurança que cada pessoa experimenta.


3 visualizações0 comentário