Buscar
  • dragisele

Afinal, qual é a função do Whey Protein?


Quem tem o hábito de praticar atividade física, especialmente em academias, já ouviu falar no whey protein. O suplemento é o favorito entre os atletas e o público que malha, pois oferece todos os aminoácidos essenciais para a recuperação e construção muscular, auxiliando no processo de hipertrofia, que é o aumento da massa magra.


Mas você sabe no que consiste o Whey Protein e qual é a sua função?

O whey protein é um suplemento elaborado a partir da proteína extraída do soro do leite, composto principalmente por alfa-globulina e beta-globulina. A beta-globulina está presente em maior quantidade, o que confere as características de rápida digestão e absorção ao produto.

O whey contém todos os aminoácidos não produzidos pelo organismo, além de ser rico em BCAA, que traduzido significa aminoácidos de cadeia ramificada. São eles: Leucina, Isoleucina, Valina. Essas substâncias são importantes para a síntese de fibras musculares. O BCAA atua ainda reduzindo a fadiga durante exercícios de longa duração e acelerando a recuperação muscular após a atividade física.

O suplemento proteico passa por um processo de industrialização até chegar a consistência de pó, que é a forma em que é comercializado e consumido. Como o gosto não é muito saboroso, há opções saborizadas de baunilha, chocolate ou morango.

Antes de consumir um produto que contém o whey, é fundamental estar atento à lista de ingredientes e conferir a quantidade de açúcar existente na composição.

Tipos de Whey Protein

Whey protein concentrado: é aquele obtido na primeira etapa de produção, normalmente possui entre 70% e 80% de proteína e lactose.

Whey protein isolado: como outras etapas de purificação são acrescidas ao processo de produção, obtém-se whey protein isolado com conteúdo proteico acima de 90%. Contém menos lactose, minerais e gordura.

Whey protein hidrolisado: é o produto após passar pelo processo de hidrólise, ou seja, a quebra da proteína em fragmentos menores, o que facilitaria a digestão e absorção. O whey protein hidrolisado é o mais popular entre os três tipos.

Segundo um estudo feito por pesquisadores da Universidade de Limerick, na Irlanda, o tipo hidrolisado provoca um aumento maior nos níveis de insulina do que o tipo isolado.

Quando o Whey Protein é indicado?

O whey protein é indicado principalmente para quem precisa suplementar a proteína, mas pode ser recomendado também para a recuperação de atletas que praticam esportes de longa duração (corrida, ciclismo e triatlo) e para a recuperação após treino de força, além de ser indicado para pacientes que buscam aumento do tamanho e volume dos músculos.

Vale ressaltar que o suplemento sozinho não é capaz de fazer ninguém ficar mais forte. Ao consumir o produto, é fundamental ter uma rotina de exercícios adequada e uma alimentação balanceada para alcançar esse objetivo com eficácia.

Quem busca emagrecer também pode se beneficiar dele. Como a proteína é um nutriente que oferece saciedade ao organismo, estudos mostram que o consumo de whey pode auxiliar a perda de gordura corporal se aliado a uma dieta equilibrada. Como consequência do uso, as pessoas acabam comendo menos.

O uso requer atenção

É importante ressaltar que o whey é um suplemento alimentar e o seu uso não anula a necessidade de consumir proteína diariamente. Inclusive, é preciso estar atento à ingestão adequada de proteínas, uma vez que o seu consumo em excesso também pode causar riscos à saúde.

O uso de suplementos alimentares deve ser feito sob orientação médica, especialmente em casos de pacientes que possuem problemas renais. Portanto, a quantidade e a frequência ideal a ser utilizada deve ser orientada de acordo com uma criteriosa avaliação, que considera as condições clínicas, os hábitos e objetivos de cada paciente.


12 visualizações0 comentário